Repto, Rapto

16 com IVA

Repto, Rapto

Joana Matos Frias
REF: 465 Categoria:
Edições Afrontamento

16 com IVA

Só 1 disponível.

INFORMAÇÕES

SINOPSE

Repto, Rapto. É nesta exacta medida que a poesia portuguesa contemporânea é agónica: ela constrói-se como dicção crítica, ela interroga e questiona as representações do senso comum, ela faz–se pela mão de autores implicados que convocam leitores implicados, ela é transgenérica porque rejeita as diferenciações impostas e prefere associar a intensidade lírica à extensão narrativa, ela propõe mundos e formas de vida alternativos face à hegemonia económico-financeira, ela adopta uma atitude de representação funcional naturalista e de fantasia concretizante. […] Em suma, a melhor poesia portuguesa contemporânea é defacto, como deseja Jean-Claude Pinson, uma poética, na justa medida em que, graças ao seu pendor hiper-denotativo, ela é profundamente humanista, ao cultivar uma aguda consciência cívica da novidade do horror ou do seu retorno, e assim assegurando o sentido de escândalo que, como sugeriu George Steiner, nos deve levar a ter sempre em mente as palavras de Emily Dickinson: é preciso «preservar uma alma terrivelmente.

Livros da mesma categoria que também pode gostar:

Todos os produtos incluem IVA à taxa legal em vigor

Repto, Rapto

16 com IVA

Newsletter

Siga-nos nas redes